COMO DESCOBRIR FRAGRÂNCIA IDEAL PARA A MINHA PELE

O que deve ser levado em consideração na hora de escolher a fragrância ideal?

# Faça um teste antes na própria pele.

# Aplique o produto no pulso e no braço e espere alguns minutos para experimentar. Se estiver na dúvida, dê uma volta e decida depois, quando o cheiro já se fixou de forma mais real na superfície – o que só acontece após uma hora, aproximadamente.

# Evite provar mais de três fragrâncias no mesmo dia – é provável que fique confusa e não consiga, no final, definir os cheiros que mais gostou.

# Os melhores lugares para aspergir o líquido são onde a circulação sanguínea é maior: nuca, atrás da orelha, pulsos, pescoço, dobras dos braços.

A cor da pele interfere no aroma? Existe algum tipo de família olfativa indicada para cada tipo de pele?

# Em relação à pele, fique atenta às diferenças de permanência:

- Morena: a pele dessa cor em geral é mais oleosa e nela as fragrâncias duram mais. Essências orientais, cítricas ou florais leves são as que mais combinam.

- Clara: a superfície é mais ressecada e, por isso, o cheiro evapora facilmente. O mais recomendável é ficar com as criações florais densas, amadeiradas ou orientais.


O tipo de pele (seca, mista ou oleosa) também faz diferença?

Sim! Pele hidratada e mais oleosa sempre retém mais o perfume, portanto fica a dica de sempre usar um hidratante antes. Não precisa se preocupar com a mistura de odores caso o hidrante não seja o mesmo do perfume, a concentração de fragrância dele é muito menor que a do perfume, e não irá se sobrepor ao mesmo


Existem tipos de fragrâncias indicadas para cada horário do dia?

A ocasião faz o perfume: leves e refrescantes durante o dia, fortes e encorpados à noite. Essências cítricas, aromáticas ou florais são perfeitas para os meses quentes, assim como as orientais e amadeiradas caem melhor no frio.



Quando é recomendado usar perfume ou colônia?

Na verdade, o termo “perfume”, usado comercialmente de forma genérica para designar todos os produtos da categoria, deveria ser utilizado somente para designar o perfume em si ou extrato – o tipo de mistura que contém a mais alta proporção de fragrância concentrada com o maior teor de álcool possível, onde não se adiciona água (as outras misturas/itens sempre levam um pouco de água na fórmula): EDP - Eau de Parfum, EDT - Eau de Toalete, Eau de Cologne, deo colônia, etc.



RENATA ASHCAR – autora do Guia de Perfumes e do Glossário da Perfumaria

@renataashcar


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo